Review Bleach 523: Palavras de Origem


Leia o Capítulo

Depois de 3 semanas, finalmente os Big 3 da Jump voltaram! Agora sim 2013 começou! E lendo esse capítulo de Bleach, até que não começou mal.

Depois de uma página colorida meio nada a ver (o boneco da direita era pra ser o Isshin?) o capítulo começa bem de onde o anterior parou, com Ichigo e Renji numa sala misteriosa esperando pelo seu “treino” (e julgando pelos treinos anteriores, não sei por que eles estão tão preocupados…). Eles sentem que estão cercados e o Sr. Afro-San nº3 (também conhecido como  Nimaiya Oetsu)  explica que ao redor deles estão, nada mais nada menos, do que Zanpakutous Super Poderosas capazes de virar qualquer coisa! (a minha eu quero na forma da Emma Stone!!!) chamadas Asauchi!

Eu não culpo mais o Zaraki por não conversar com sua espada.

Eu não culpo mais o Zaraki por não conversar com sua espada.

Enquanto o exército de espadas-psicóticas-com-bocas-nos-olhos atacam, ele também explica que essas Zanpakutous são entregues aos Shinigamis assim que eles entram na academia e que, com o tempo, assumem uma forma única, de acordo com o Shinigami que a recebe. Abrindo um parênteses, essa história me pareceu algo que Tite Kubo inventou agora… afinal, já vimos casos onde isso não aconteceu. Ichigo, por exemplo, não recebeu zanpakutou nenhuma para criar Zangetsu, e o Zaraki já tinha uma zanpakutou bem antes de ser um shinigami (só ver o flashback de quando ele conheceu a Yashiro). Mas beleza, Bleach tem 10 anos e o autor já deve ter esquecido um monte de coisas, vamos deixar essa passar dessa vez (mas não acostume Sr. Kubo!!!)

Capitulo 114. O Zaraki devia estar matando aula né?

Capitulo 114. O Zaraki devia estar matando aula né?

E porque todas estas Zanpakutos estão tão P*** da vida, Ichigo se pergunta. Bem, aparentemente, elas estão revoltadas porque ele e Renji são dois noobs que não sabem nem segurar uma espada direito! Ok, o discurso do Nimaiya foi mais elaborado do que isso, falando sobre ferramentas, amigos , amantes 😕 … enfim, a ideia é basicamente esta. E no final, tudo se resume em ver que manda, o Shinigami ou a Zanpakutou.

FIGHT!!!

FIGHT!!!

E enquanto isso, na Sala da Justiça Soul Society, Zaraki e Unohana estão no último andar da Prisão central chamado Nada, um espaço infinito e totalmente isolado do resto da SS (porque se os dois lutassem pra valer na SS, não ia sobrar nada para os Quincys destruírem).  Depois de um bom tempo de cama, Zaraki está bem falante, falando que o único motivo para ele e Unohana não estarem presos como criminosos é porque são fortes o bastante para serem capitães. E frente a esta afirmação, Unohana concorda e sorri, e esse é de longe o sorriso mais psicótico, assustador e legal da história de Bleach!

Eu vou te matar, violar seu cadáver e devorar sua alma, e depois você vai começar a sofrer

“Eu vou te matar, violar seu cadáver e devorar sua alma, e depois a diversão começa”

Unohana diz que com seu nível atual, Zaraki não passa de um bebê e que por isso aquele lugar é perfeito para ele. Com sua delicadeza habitual, ele diz que não está nem aí e que tudo continua se resumindo a vencer e ser um capitão ou perder e ser um criminoso. À isso,  capitã da 4ª divisão responde dizendo que gosta mais do Zaraki quietinho, porque quando ele fala, a ferida dela grita. E aí descobrimos porque ela sempre usou o cabelo amarrado para frente, para esconder a cicatriz de uma estocada que ela tem no peito! 😯 E aqui temos mais uma vez sua cara psicótica, mostrando que o senhor Kubo realmente se esforçou para fazer a Unohana perder a imagem de curandeira que ela teve durante o mangá inteiro para assumir o manto de assassina fria que ela tem por direito. Ademais, eu realmente espero um futuro flashback mostrando como ela ganhou essa cicatriz, porque deve ter sido uma batalha épica!

Finalmente entendi o motivo pro penteado da Unohana

Finalmente entendi o motivo do penteado da Unohana

Cortamos para o novo Comandante Kyoraku fazendo sua lição de casa sobre a primeira geração do Gotei 13. Aparentemente, os primeiros 13 esquadrões foram os mais fortes da história e Uhonaha, a 1ª capitã do 11º esquadrão, antes de submeter sua espada ao velho Yama-ji, era a criminosa mais diabólica que já existiu na história da SS (aprenda como se faz Aizen!), que dominou todos os estilos de luta e adotou o nome de Yachiro, que significa Mil Estilos. E talvez tenha sido nessa hora que o coitado do Kyokaku percebeu que colocar ela para treinar o Zaraki talvez não tenha sido a melhor ideia do mundo, porque ele mesmo percebe que um dos dois vai acabar morrendo no processo (ohhh desperdício de personagens legais!).

Kyouraku: “Onde diabos eu estava com a cabeça? Tenho MESMO que maneirar no sakê ”. Unohana e Zaraki: “LET’S THE CARNAGE BEGINS!!!!”

Kyoraku: “Onde diabos eu estava com a cabeça? Tenho MESMO que maneirar no sakê ”. Unohana e Zaraki: “LET’S THE CARNAGE BEGINS!!!!”

E assim, o 1º capítulo de 2013 termina com Zaraki e Unohana cruzando espadas, explodindo de felicidade e desejo de matar como dois bons Kempachis! Agora é esperar o capítulo da semana que vem e ver quem sobra inteiro! Até mais!!!

Deixe um comentário

Arquivado em Histórico, Mangás, Review Bleach

Participe comentando e fornecendo opiniões. Nos ajude a crescer e sobretudo divirta-se!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s