Review Bleach 525: Limites (Edges)


Leia o capítulo em portugues!

Ninguém esperava por este moleque né? Leia o capítulo em português para saber mais!

Oi gente! Tá atrasado, mas aqui vai o review de Bleach desta semana, onde perguntas são respondidas e onde o Zaraki continua apanhando feio (mas até que ele está se esforçando)

O capítulo começa com Zaraki voando longe. Ele acorda e se dá conta de que perdeu a consciência de novo e que isso está acontecendo toda hora, de novo e de novo. Mesmo assim ele volta a investir contra Unohana (afinal, ele está se divertindo pra caramba!). Então, ele começa a se lembrar, da única vez em que isso aconteceu. Quando ele lutou contra ela pela primeira vez.

Então eu estou apagando e voltando durante uma luta de vida ou morte contra uma adversária muito mais forte? Legal!

“Então eu estou apagando e voltando durante uma luta de vida ou morte contra uma adversária muito mais forte? Legal!”

Começa o flashback, e Unohana e outro shinigami (a quem chamaremos de Figurante nº3) andam por Rukogai numa noite chuvosa. Unohana parece desanimada e Figurante nº3 diz que não adianta procurar, porque ela não vai encontrar nenhum guerreiro forte o bastante para satisfaze-la numa luta. Ela o cumprimenta por perceber as intenções dela. Figurante nº 3 diz que era óbvio, já ela não daria as caras numa missão simples como derrotar alguns rebeldes, se não estivesse atrás de alguma coisa. A cena abre e mostra uma montanha de corpos que, segundo Figurante nº 3, deve mostrar o quanto ela está desapontada.

Reze para nunca encontrar o Unohana de tpm

Reze para nunca encontrar o Unohana de tpm

Mas, quem disse que foi ela? Quando a capitã pergunta desde quando aquela montanha estava lá (o que mostra que ela está precisando urgente de óculos), Figurante nº 3 fica com cara de bobo e faz a pegunta que todo autor usa como deixa pra introduzir o cara fodão que matou todo mundo. “Mas se não foi você que matou eles, quem foi?” (ahhh, os clichés…)

Zaraki, logo depois de fugir da FEBEM

Zaraki, logo depois de fugir da FEBEM

Eis que no topo da montanha aparece um moleque magricela, todo rasgado e ensanguentado, segurando uma zanpakutou. Ele e Unohana se olham e ele ataca. Unohana naquela época estava apática para com a espada e os duelos. Ela era tão forte que não havia adversário que a satisfizesse, e vagava em busca de desafio. E foi por isso que a espada dela encontrou a daquele moleque. E ela se sentiu estasiada, porque aquele moleque era forte. Quero dizer, REALMENTE forte! Logo de cara fica claro que naquela época Zaraki era um monstro, ainda mais do que no presente porque logo de cara ele estoca Unohana no peito, mostrando como ela ganhou aquela cicatriz. O problema, é que ele nunca mais conseguiria lutar daquele jeito.

bleach525-08

Os anos não foram muito bons pra você Zaraki

De volta ao presente, Zaraki finalmente acerta um golpe. (aehh!) Ele percebe que está ficando mais forte a cada vez que ele volta (goku, é você?), como se estivesse renascendo. E não é que ele está mesmo! Unohana explica que inconscientemente Zaraki está restringindo seu poder. Por isso que ele perdeu para o Ichigo e só venceu Nnoitra por pouco. Não porque eles eram fortes, mas porque sem perceber ele selou seu poder a um nível mínimo. Realmente, nunca tinha feito muito sentido o Ichigo ter vencido o Zaraki naquela luta, quando mal tinha se tornado um shinigami! E também explica o medo da Central 46 tem do do Zaraki aprender a usar a espada.

Ichigo Kurosaki...reze pro Zaraki nunca querer uma revanche

Ichigo Kurosaki…torça pro Zaraki nunca querer uma revanche

Unohana explica que na luta entre os dois Zaraki aprendeu o que era lutar até o limite das suas forças. E que mostrar este limite foi o pecado dela. Isso porque mesmo que ela tenha sido a primeira adversária contra quem ele pôde lutar pra valer, ela ainda era mais fraca do que ele  😯 E por ter medo de perder a única pessoa que pudesse chamar de inimiga e nunca mais ter uma boa luta, Zaraki restringiu seu poder.

É como se ele fosse o Super Sayajin dos Shinigamis!

É como se ele fosse o Super Sayajin dos Shinigamis!

Mas com o tempo, em cada luta que ele chegasse perto da morte, parte do seu poder original voltava, e sabendo disso Unohana estava disposta a mata-lo e trazê-lo de volta, quantas vezes fossem necessárias, até ele voltar a ser o mesmo de antes (eu não sei bem se ela está realmente matando ele e ressuscitando, ou apenas o deixando à beira da morte e curando. Eu acho que ele não está morrendo pra valer, mas não li em japonês pra saber como está no original). E assim eles continuam lutando, até que ele a supere. E após morrer mais algumas vezes em algumas cenas de luta muito bem desenhadas (o Kubo pode enfiar o pé na jaca de vez em quando, mas ele sabe desenhar lutas), parece que isso finalmente começa a acontecer!

Acerto crítico!

Acerto crítico!

E por esta semana é isso no mundo de Bleach! Agora é esperar para ver como o treino continua (talvez com a bankai da Unohana? Kubo já prometeu ela para este arco). Será que Kyouraku vai acertar e o treino terminará com a morte de um dos dois? E também precisamos voltar para a dimensão real para ver como Renji e Ichigo estão lidando com as Asauchi. De um jeito ou de outro, Bleach está num momento muito bom, como não se via já faz tempo. Então vamos aproveitar!

Ele dá uma nova dimensão à palavra BADASS

Ele dá uma nova dimensão à palavra BADASS

Deixe um comentário

Arquivado em Mangás, Review Bleach

Participe comentando e fornecendo opiniões. Nos ajude a crescer e sobretudo divirta-se!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s