Review Claymore 140: Uma pura, nua espada (A pure, naked sword)


E o despertar de Miata se completa (clique para ler o capítulo em português)

E o despertar de Miata se completa (clique para ler o capítulo em português)

Fala povo! Aproveitem o capítulo deste mês, porque o próximo só sai em setembro. E agora vamos ao review!

Como vimos no capítulo passado, o ataque de Europa à Cidade Sagrada obrigou Galatea e Clarice a tomarem uma medida desesperada, despertando Miata. Europa sente a youki e olha, espantada, para a a massa de asas gigante amorfas em Miata está se transformando. mesmo sem entender direito o que está acontecendo, Europa sabe que o que quer que seja aquela coisa, é muito perigoso para ela, e avança em direção à nova Abissal para acabar com tudo antes que vire um problema.

Porque Europa é fã da boa e velha politica do "atirar primeiro e perguntar depois"

Europa aprendeu direitinho com o Bush filho

O avanço de Europa abre a brecha que as outras Claymores esperavam para atacar, e elas aproveitam como podem. Europa a maioria dos ataques, mas também não consegue ferir nenhuma das guerreiras. Os ataques sessam por um momento e Dietrich, em frente às últimas guerreiras de um digito que restam, declara que elas serão as oponentes de Europa.

Porque Europa já não tem problemas o bastante

Porque Europa já não tem problemas o bastante

A batalha recomeça, e devo dizer que ela está bem legal. Europa ataca, tentando destruir o apoio das guerreiras para torná-las alvos mais fáceis, mas os fios de Anastásia acabam com os seus planos. Ela avança em direção das guerreiras mais problemáticas, mas no meio do caminho os prédios onde ela se apoiavam são destrupidos pelas guerreiras de digito maior, virando a estratégia de Europa contra ela própria. A guerreiras mais fortes atacam , destruindo os tentáculos de Europa, que parece estar em séria desvantagem. Mas é claro que só isso não iria acabar com ela. Afinal, a Miata não despertou por nada.

Ela despertou para ser um Leviathan alado épico

Ela despertou para ser um Anjo/Leviathan Épico

Na verdade, as guerreiras nunca tiveram a pretensão de derrotar Europa, apenas segurá-la até que Miata despertasse. E elas obtiveram sucesso. E agora que a batalha entre as duas está para começar, a cena muda e nós vamos ter que esperar mais 2 meses para ver os poderes novos de Miata (valeu heim Norihiro). Enquanto isso, vamos ver como andam Riful e Priscilla, que está em maus lençóis, perdendo braços a torto e a direito, sendo absorvidos por Riful  a cada ataque. Por fim, num ataque que parece final, Riful atravessa a cabela de Priscilla com suas lâminas.

Não que isso signifique muita coisa no mundo de Claymore

Não que isso signifique muita coisa no mundo de Claymore

Apesar da vantagem clara de Riful, está na cara que não é ela quem vai matar Priscilla de uma vez por todas, e o contra ataque da despertada favorita (?!) de todos começa agora. Depois do golpe, o braço de Priscilla parece ficar diferente, e ela destrói as lâminas de Riful, para depois arrancar um de seus braços com um só golpe. Riful nota que algo está diferente com o braço novo de Priscilla, porque este não está sendo absorvido por ela. Então Priscilla começa mais uma daquelas explicações que não fazem lá muito sentido.

Como metade das coisas que envolve a Priscilla

Como metade das coisas que envolve a Priscilla

Ela conta que desde sempre teve algo dentro dela, que não era ela mesma, desde que ela nasceu (será que com “nascer” ela quer dizer quando era humana, ou o momento em que se tornou uma Claymore?), e com o tempo ela absorveu esta coisa, tornando-a parte do seu corpo. O que era essa tal coisa, ela não explica, mas diz que está na hora de voltar a ser como ela era. Nisso, ela abandona sua forma de Despertada, já conhecida, e reassume sua forma humana.

Não é por nada, mas a forma antiga impunha mais respeito

Não é por nada, mas a forma antiga impunha bem mais respeito

Aí a gente pode pensar “nossa, que idiota, a forma despertada deveria ser bem mais forte”. Pois é… graaande engano. A nova Priscilla desvia de todos os ataques de Riful com grande facilidade e ainda destrói os tentáculos como se eles fossem de vidro. A velocidade e a força de Priscilla são demais para a coitada da Riful acompanhar e, no final das contas, não há nada que ela possa fazer para evitar o último golpe de Priscilla, que corta seu corpo em pedaços.

Eu não queria estar na pele da Clare depois dessa

Isso é tudo do que a Clare precisava. Uma Priscilla ainda mais apelona!

Sinceramente, eu teria gostado mais se o capítulo tivesse se focado só na luta contra Europa. Tudo bem que a luta dela contra as Claymores estava meio repetitiva, mas agora é que a parte boa vai começar! Eu gostei muito da forma despertada de Miata (especialmente porque lembra o Leviathan de Final Fantasy VIII, na época em que estes jogos eram bons). Desde o início a força dela foi anormal, e agora que despertou vai ficar ainda mais absurda. E mais ainda do que a lutam quero ver se Clarice e Galatea conseguirão controlá-la, ou se ela acabará sendo uma ameaça ainda maior para a cidade. Quanto a Priscilla, eu espero que expliquem melhor este poder novo dela, porque esta história de “desde sempre teve algo estranho dentro de mim” não explica nada. E agora que a luta dela com Riful acabou, também podem dar uma explicação decente sobre como Riful voltou á vida. Será que Priscilla irá para onde estão Clare, Cassandra e as outras? A chegada dela seria poderia resultar em uma aliança (temporária) entre a Abissal, as Claymores e os outros Despertados, o que resultaria em uma batalha de proporções enormes (a menos que Priscilla acabe com tudo em 5 minutos, como de costume). Como eu disse l[a no começo do post, Claymore só volta em setembro, então temos bastante tempo para especular sobre o que irá acontecer!

Por enquanto é só!

Até mais!

2 Comentários

Arquivado em Review Claymore

2 Respostas para “Review Claymore 140: Uma pura, nua espada (A pure, naked sword)

  1. gabrielly

    MUITO OBRIGADA pelos resumos! Você está “salvando” minha vida ao resumir os episódios pra mim. Um beijão

    • Olá Gabrielly! Que bom que você está gostando dos resumos de Claymore. Nos últimos tempos eu não tenho tido tempo de escrever resumos, pois são posts demorados de se fazer e com a correria do dia a dia fica um pouco difícil hehe. Mas em breve voltarei a escreve-los. Espero que continue nos acompanhando e que goste dos próximos também 🙂
      Obrigado pelo comentário! Bjs

Participe comentando e fornecendo opiniões. Nos ajude a crescer e sobretudo divirta-se!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s