Review Fairy Tail 341: O amanhecer de uma nova aventura


Uma nova saga se inicia! (Clique na imagem para ler o capítulo em português)

Uma nova saga se inicia! (Clique na imagem para ler o capítulo em português)

Fala povo! Com o fim dos Grandes jogos mágicos, uma nova saga se inicia em Fairy Tail!

E que forma melhor de começar uma nova saga, do que espiando o banho das magas da guilda? (Isso se você for homem, é claro). As garotas aproveitam a banheira gigante, cortesia da cidade quando reconstruiu a vida, enquanto conversam sobre como a guilda está recebendo muito mais ofertas de trabalho depois de vencer os jogos (puderá, né?). A própria Levy, que também está relaxando, deveria estar trabalhando, se Jet e Droy não tivessem ido sozinhos, para tentar impressioná-la, é claro (mas só acabam tendo que ser salvos pelo Gajeel mesmo).

Mira, Lucy e as outras magas nuas, a estratégia número 1 para aumentar as vendas da revista

Mira, Lucy e as outras magas nuas, a estratégia número 1 para aumentar as vendas da revista

Lucy menciona que Gray e Natsu foram juntos para um trabalho, e que eles também estão se dando melhor depois do torneio. Mas quando Lucy menciona o nome do Natsu, Cana se aproxima, com cara de segundas intenções, e pergunta sobre um certo incidente, quando Lucy caiu do céu, nua, nos braços de Natsu. Lucy tenta negar a história como pode, mas isso só lega cana a pegar nos seios dela, fazendo deste o momento mais Yuri de toda a série até agora.

E assim nasce o fã clube CaLu

E assim nasce o fã clube CaLu

O assunto dos seios faz Levy se lembrar de Wendy (?!), e Mira conta que ela saiu em um trabalho junto com Erza, cuja recompensa era um doce super raro. Aqui Mashima faz uma pequena homenagem a sí mesmo, mostrando Wendy e Lucy encenarem uma peça de Rave Master, também de sua autoria. Se bem que Erza é tão ruim, que não se pode chamar muito de homenagem… Enfim, o que realmente importa é que, se Erza está trabalhando, quem é a ruiva que está alí na outra banheira?!

Essa é outra que não desgruda da Fairy Tail...

Essa é outra que não desgruda da Fairy Tail…

Cana parte pra cima assim que reconhece Flare, da Raven Tail, mas é impedida por Lucy, que diz que ela não é do mal. E para provar, Flare até ajuda Cana a se lavar, usando seus cabelos (afinal, este capítulo já não tinha fetiches o bastante…). Ela diz que sem a Raven Tail, não tem lugar para ir, e Lucy se oferece para perguntar para o mestre se ela poderia entrar para a FT, o que deixa todas as outras garotas espantadas. Juvia reconhece que Flare é até parecida com ela quando entrou na guilda, mas no final, a ex-maga da Raven Tail diz que não veio se juntar à Fairy Tail.

O que é uma pena, porque ela até que é legal.

O que é uma pena, porque ela até que é legal (e isso que a Juvia está segurando é uma pelúcia do Gray?)

Dando um tempo na nudez, a cena muda para Lucy voltando para casa, para dar de cara com Erza e Wendy, que invadiram sua casa como nos bons e velhos tempos. Elas dividem com Lucy os doces super raros do último trabalho (que elas devem ter roubado, porque se dependesse da atuação da Erza…) e Charlie pergunta onde estão Natsu e Gray. Erza estranha que os dois estejam demorando tanto para completar um trabalho que deveria ser fácil, e as garotas decidem procurá-los.

O que se mostra uma tarefa bem fácil.

O que se mostra uma tarefa bem fácil.

A leitão gigante que elas encontram era o monstro que eles deveriam derrotar, o que só torna a demora dos dois mais estranha. Nisso chega Happy, todo estourado, pedindo ajuda. E logo descobrimos que o motivo do atraso  é que Gray e Natsu estão brigando entre sí, sem parar, por 3 dias! E isso é porque eles estavam se dando bem… E a situação só piora quando Erza, que chega para separar os dois, acaba levando uma também. Infelizmente, quando os dois percebem o que fizeram, já é tarde demais.

Aproveitem o sanduíche de soco meninos...

Aproveitem o sanduíche de soco meninos…

De volta à guilda, Natsu e Gray (e me admira ter sobrado alguma coisa deles para voltar), ainda estão de mal. Enquanto os dois dizem que nunca mais vão trabalhar juntos, Mirajane entrega uma carta para Marakov com mais um trabalho, que está pedindo especificamente por Natsu e por Gray. Quando Marakov lê a carta, percebemos que a coisa ficou séria. Natsu e Gray dizem que não vão juntos, mas Marakov não quer saber. Eles vão junto sim, não importa como. Pois o pedido que eles acabaram de receber é de ninguém menos do que Warrod Cken. E o pedido dele é tão importante, porque ele é o 4º entre os 10 Magos Santos, um dos 4 Reis Celestiais de Ishgal!

E se parece com um brócoli gigante \o/

E se parece com um brócoli gigante \o/

Este foi mais um capítulo bem light, típico de começo de história. A parte do banho, apesar de divertida, não acrescentou muita coisa. Até poderia, se Flare entrasse para a guilda, mas pelo menos por hora isso não parece que irá acontecer. No final, foi só pelo fanservice mesmo hehe. O que importou mesmo foram as páginas finais, onde ficamos sabendo que a missão nova envolverá pelo menos um dos 4 quatro grandes magos, e que seja lá o que for, irá precisar dos talentos combinados de Natus e Gray. E é claro que Lucy, Erza e outros irão acompanhá-los. No final, não foi um capítulo ruim, apesar de não desenvolve muito a história. Agora é hora de ver o que o Mago Sagrado quer com os dois!

Até mais!!!

 

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Review Fairy Tail

Participe comentando e fornecendo opiniões. Nos ajude a crescer e sobretudo divirta-se!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s