Magic the Gathering: Born of the Gods – Preview Parte 4


Xenagos - visite pandatoryu

Fala povo! Segue a parte 4 do preview de Born of the Gods!

Previews anteriores

Magic the Gathering: Born of the Gods – Preview Parte 1
Magic the Gathering: Born of the Gods – Preview Parte 2
Magic the Gathering: Born of the Gods – Preview Parte 3

Cartas Brancas

Archetype of Courage

Archetype of Courage - visite pandatoryuEnquanto Archetype of Courage estiver em jogo, todas as suas criaturas ganham iniciativa. Ao mesmo tempo, todas as criaturas do oponente perdem iniciativa e não podem mais ter o receber esta habilidade. Boa carta para decks rápidos com muitas criaturas, como soldados, e comba muito bem com Death Pits of Rath.

Cartas Azuis

Thassa’s Rebuff

Thassa's Rebuff - visite pandatoryuThassa’s Rebuff anula uma magia alvo a menos que o controlador da magia anulada pague X, onde X é igual à sua devoção ao azul. Eu pessoalmente prefiro counters que não deem chance do oponente jogar a magia, mas este aqui não é ruim, em especial no final do jogo quando sua devoção provavelmente será grande. Ainda assim, dificilmente jogará bem num deck de counter puro, já que este tipo de deck muitas vezes fica com poucas permanentes em jogo.

Cartas Pretas

Bile Blight

Bile Blight - visite pandatoryu

Esta carta é a versão melhorada de uma velha conhecida, Echoing Decay, dando -3/-3 para uma criatura alvo e para todas as outras criaturas com o mesmo nome dela. Destruir potencialmente 4 criaturas (ou 1 milhão de fichas de esquilo) por 2 mana é sempre uma ótima ideia. Born of the Gods está realmente sendo muito generosa com o preto, quando se trata de remover criaturas pequenas em massa.

Herald of Torment

Herald of Torment - visite pandatoryuHerald of Torment é uma criatura encantamento com Bestow 3BB. Quando jogado como uma criatura ele é um 3/3 voador. Quando jogado como Aura, ele dá +3/+3 e voar para a criatura encantada. De qualquer forma, enquanto ele estiver em jogo você perde 1 ponto de vida no começo da sua fase de manutenção. Ou seja, é um Júzam Djinn versão miniatura. Eu pessoalmente acho que perder 1 ponto de vida todo turno para ter uma 3/3 voadora logo no 3º turno do jogo é um ótimo negócio, então gostei desta carta.

Fate Unraveler

Fate Unraveler - visite pandatoryu

Típica criatura chata de deck de controle. Enquanto Fate Unraveler estiver em jogo, sempre que um oponente comprar uma carta, esta criatura causa 1 ponto de dano neste oponente. Dá para fazer um deck bem interessante, e maldoso, combinando esta criatura com Seizan, Underworld Dreams (que é basicamente a mesma carta que esta aqui) e um monte de magias para destruir criaturas. Isso,é claro, se você não se importar em perder seus amigos por causa dos seus decks irritantes.

Cartas Vermelhas

Searing Blood

Searing Blood - visite pandatoryuSearing Blood causa 2 pontos de dano à criatura alvo. Se esta criatura morrer neste turno, Searing Blood causa 3 pontos de dano ao controlados daquela criatura. Eu teria gostado desta carta se fossem 3 da criatura e 2 no seu controlador. 2 pontos de dano é um dano baixo para matar criaturas e esta carta provavelmente precisará de alguma outra magia de dano, ou esperar o dano de combate, para conseguir usar todo o seu potencial.

Cartas Verdes

Unravel the AEther

Unravel the AEther - visite pandatoryu

Quando você joga Unravel the AEther, escolha um artefato ou encantamento e embaralhe-o no deck do seu dono. Com tantas cartas que trazem encantamentos de volta do cemitério neste bloco, embaralhar o encantamento no deck acaba sendo uma forma eficiente de mantâ-lo fora de jogo por um bom tempo.

Cartas Douradas

Karametra, God of the Harvests

Karametra, God of the Harvests - visite pandatoryuNenhum panteão pode estar completo sem uma deusa da colheita, e aqui está ela. Karametra só se torna uma criatura quando sua devoção ao branco e ao verde for igual ou maior a sete. E enquanto ela estiver em jogo, sempre que você jogar uma magia de criatura, você pode procurar em seu deck por uma carta de planície ou de floresta e colocá-la em jogo virada. Ótima carta para limpar o deck de terrenos e acelerar a geração de mana. Quem for usar esta carta pode querer colocar algumas cartas de compra para renovar a mão, porque ela provavelmente vai rápido. Dentre as opções de compra do verde, eu pessoalmente gosto de Harmonizar, até porque vai ser bem fácil para juntar 4 manas e mais o suficiente para uma criatura no turno.

Xenagos, God of Reveal

Xenagos, God of Reveal - visite pandatoryu

E abandonando seu posto como Planeswalker temos o mais novo deus de Theros, Xenagos. Como os deuses anteriores, ele precisa de devoção de no minimo sete, desta vez para o verde e o vermelho, para virar uma criatura. Ele também possui a habilidade de, no começo do combate durante o seu turno, uma outra criatura alvo recebe +X/+X até o final do turno, sendo X igual ao poder da criatura em questão. Boa carta para jogar com praticamente qualquer criatura (em especial com Esfera de Raios). Mas mesmo com esta habilidade e o alto poder/resistência para seu custo, eu ainda prefiro a versão Planeswalker do Xenaros. Mas se ele está feliz assim, quem sou eu para julgar…

Estas são as cartas de hoje! Até mais!

Deixe um comentário

Arquivado em Games

Participe comentando e fornecendo opiniões. Nos ajude a crescer e sobretudo divirta-se!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s